Monthly Archives: julho 2014

Pela manutenção da ordem Imperial

Enquanto o PT, a presidenta, e a maioria dos governistas continuam mudos com relação ao estado de exceção no Rio e em SP pra cima da burguesia intelectual (que o próprio PT legitima na voz do Ministro da Justiça), assim como as PPPs nas favelas assassinando e exterminando pretos e pobres pro avanço no território de novos empreendimentos de empreiteiras que financiam campanhas de TODOS os políticos e partidos de expressão nacional, eles ainda ampliam o poder de controle biopolítico dos movimentos sociais multitudinarios (que não querem líderes, cnpjs, registros e cia) com projetos para registrar, casdastrar e financiar movimentos contratados para controlar e docilizar favelas e ruas, também atuam no reforço do controle via biopoder, armamentos, policiamentos, etc. Mais guardas, mais polícia, mais regras, mais detenção, mais prisões (privatizadas aos poucos). Não se iludam, PSDB (neoliberal) e o PTMDB (neodesenvolvimentos e neoliberal ao mesmo tempo) querem a ORDEM, o controle do CONHECIMENTO, das ruas, dos afetos, do trabalho, dos nossos corpor para a MANUTENÇÃO DO PODER IMPERIAL (porque o Império é um conjunto de capitalismo-estado em rede global).

http://www12.senado.gov.br/noticias/materias/2014/07/16/aprovado-estatuto-que-garante-poder-de-policia-as-guardas-municipais

 

Say No To Fifa

#SayNoToFifa
#NãoVaiTerCopa com direitos. 
e não teve. 
nem direitos nem legado pra grande maioria da população.

“El Mundial de las 696 manifestaciones, 112 con uso de armas no letales, 10 con uso de armas letales (por parte de la policía). El Mundial de los 2.608 detenidos (10 de ellos periodistas), de los 837 manifestantes heridos, de los ocho muertos. Tras la entrega de la Copa al capitán alemán, el hashtag #copapraquem (Copa para quién), parecía tener más sentido que nunca.

La jornada de la gran final arrancó con un mensaje no previsto por la FIFA. Una pancarta gigante en la playa de Botafogo, con un mensaje inequívoco: Say no to FIFA (di no a la FIFA). “Se juega con la frase de la FIFA Say no to Racism. El odio a la FIFA es uno de los mensajes del Mundial”, aseguró ayer el activista Rafael Rezende. Y el día de la gran final, con una población local poco entregada a la emoción colectiva, continuó con las dos manifestaciones oficiales convocadas. La primera, el acto Copa na Rua, en la plaza Afonso Pena, cerca del estadio Maracanã. La segunda, a las 13.00 horas, en la plaza Saens Peña, la Gran Manifestación FIFA Go home, no va a haber final!.”

http://www.eldiario.es/internacional/Mundial_2014-Brasil-Argentina-Alemania-FIFA_0_281371900.html

O neoliberalismo e a privatização da água

Ninguém tira da minha cabeça que esta falta de investimentos em abastecimento de água em SP tem sido exatamente pra gerar todo este caos entrando imediatamente após (vamos aguardar) com o discurso de que é preciso privatizar a água! Este é o PSDB: uma máquina de privatização que quebra Universidades, serviços públicos em geral, para depois lutar pela privatização. O PSDB se resume pra mim a uma máquina privatista neoliberal, nada mais! Vai vendo…

“Porém, na Região Metropolitana de São Paulo, a causa fundamental da crise da água é outra: a decisão política dos sucessivos governos tucanos de não investir em novos mananciais desde 1985, apesar dos estudos e alertas de especialistas.”

Crise de água em SP: novos dados desmentem “culpa da natureza”

Pra entender melhor a importância da água para o capitalismo contemporâneo: